Acontecimentos históricos do dia 1 de Março

1963  — Deixa como pastor da Primeira Igreja Batista de Marechal Cândido Rondon, o reverendo Ottmar Wehr.

|| Pastor Ottmar Wehr com sua esposa Jutta e filhos. Imagem: Acervo PIB Rondon - FOTO 1 –
|| Pastor Ottmar Wehr com sua esposa Jutta e filhos. Imagem: Acervo PIB Rondon - FOTO 1 –
|| Religioso paulistano Vicente Pires da Mota que assumiu a presidência da Província do Paraná, em março de 1856.
Imagem: Acervo Brazil Imperial/Facebook . - FOTO 2 -
|| Religioso paulistano Vicente Pires da Mota que assumiu a presidência da Província do Paraná, em março de 1856.
Imagem: Acervo Brazil Imperial/Facebook . - FOTO 2 -
|| Cabo  José Francisco de Lacerda, por alcunha Chico Diabo.
Arte publicada em A Vida Fluminense, de 27/08/1870.
Imagem: Acervo Wikipédia - FOTO 3 -
|| Cabo José Francisco de Lacerda, por alcunha Chico Diabo.
Arte publicada em A Vida Fluminense, de 27/08/1870.
Imagem: Acervo Wikipédia - FOTO 3 -
|| Mandatário paraguaio Francisco Solano López mortalmente ferido às margens de um afluente do Rio Aquidabán. 
Imagem: Acervo TV Imperial - Arte de autor desconhecido - FOTO 4 -
|| Mandatário paraguaio Francisco Solano López mortalmente ferido às margens de um afluente do Rio Aquidabán.
Imagem: Acervo TV Imperial - Arte de autor desconhecido - FOTO 4 -
|| Nota do jornal
|| Nota do jornal "A República", de Curitiba. com a informação da votação do diminuto colégio eleitoral de Foz do Iguaçu, na eleição presidencial de 1922.
Imagem: Acervo Biblioteca Nacional Digital - FOTO 5 -
|| Rui Barbosa, falecido em março de 1923, que tem homenagem no Colégio Luterano Rui Barbosa , na cidade de Marechal Cândido Rondon. 
Imagem: Acervo History - FOTO 6 -
|| Rui Barbosa, falecido em março de 1923, que tem homenagem no Colégio Luterano Rui Barbosa , na cidade de Marechal Cândido Rondon.
Imagem: Acervo History - FOTO 6 -
|| Esquife com o corpo de Rui Barbosa deixando a Biblioteca Nacional, na cidade do Rio de Janeiro, onde era velado. 
Imagem: www.projetomemoria.art.br - FOTO 67-
|| Esquife com o corpo de Rui Barbosa deixando a Biblioteca Nacional, na cidade do Rio de Janeiro, onde era velado.
Imagem: www.projetomemoria.art.br - FOTO 67-
|| Nota do extinto jornal carioca
|| Nota do extinto jornal carioca " A Batalha" sobre a retenção do avião da Panair em Foz do Iguaçu, em começo de março de 1940.
Imagem: Acervo Biblioteca Nacional Digital - FOTO 8 -
|| Craque Leônidas da Silva retido em Foz do Iguaçu quando viajava com a avião da Panair para Buenos Aires, em março de 1940. 
Imagem ilustrativa: Acervo Lance - FOTO 9 -
|| Craque Leônidas da Silva retido em Foz do Iguaçu quando viajava com a avião da Panair para Buenos Aires, em março de 1940.
Imagem ilustrativa: Acervo Lance - FOTO 9 -
|| Panfleto do vereador Moraes Rêgo, da cidade de Guaíra (PR), protagonizando o movimento pró-criação do Estado do Iguaçu, em março de 1962.
Este documento em suporte de papel foi doado ao Museu Histórico Willy Barth (de Toledo, PR), pelo Sr. Francisco de P. Calleya, em 27/02/1985. - FOTO 10 -
|| Panfleto do vereador Moraes Rêgo, da cidade de Guaíra (PR), protagonizando o movimento pró-criação do Estado do Iguaçu, em março de 1962.
Este documento em suporte de papel foi doado ao Museu Histórico Willy Barth (de Toledo, PR), pelo Sr. Francisco de P. Calleya, em 27/02/1985. - FOTO 10 -
|| Pioneiro Luiz Ernesto Fleck, pioneiro rondonense falecido em começo de março de 1966.
Imagem: Acervo Rudi Sander - FOTO 11 -
|| Pioneiro Luiz Ernesto Fleck, pioneiro rondonense falecido em começo de março de 1966.
Imagem: Acervo Rudi Sander - FOTO 11 -
|| Médico Aylson Confúcio de Lima (segundo à esquerda),  nomeado como primeiro médico do Posto de Saúe de Marechal Cândido Rondon, em março de 1969.
Ainda na  foto, à esquerda, a senhor Úrsula (nascida Klein) Krepsky),  professora Edite Feiden com sobrinho Henry Feiden no colo, e Dorneles Jochims. 
Imagem: Acervo Marta Krepsky - FOTO  12 -
|| Médico Aylson Confúcio de Lima (segundo à esquerda), nomeado como primeiro médico do Posto de Saúe de Marechal Cândido Rondon, em março de 1969.
Ainda na foto, à esquerda, a senhor Úrsula (nascida Klein) Krepsky), professora Edite Feiden com sobrinho Henry Feiden no colo, e Dorneles Jochims.
Imagem: Acervo Marta Krepsky - FOTO 12 -
|| Nota de esclarecimento emitida pela Prefeitura Municipal de Marechal Cândido Rondon, em março de 1976, solicitando dos munícipes adoção e cumprimento de posturas. 
Imagem: Acervo Harri Walter Batschke - FOTO 13 –
|| Nota de esclarecimento emitida pela Prefeitura Municipal de Marechal Cândido Rondon, em março de 1976, solicitando dos munícipes adoção e cumprimento de posturas.
Imagem: Acervo Harri Walter Batschke - FOTO 13 –
|| Decreto de nomeação do senhor Verno Scherer como prefeito municipal de Marechal Cândido Rondon, em março de 1979.
Imagem: Acervo Rogério Scherer - FOTO 14 -
|| Decreto de nomeação do senhor Verno Scherer como prefeito municipal de Marechal Cândido Rondon, em março de 1979.
Imagem: Acervo Rogério Scherer - FOTO 14 -
|| Foliões no Carnaval 1987 de Marechal Cândido Rondon, no Clube Concórdia, em Março de 1987. 
Imagem: Acervo Voni Berta do Amaral - FOTO 15 -
As fotos 15, 16,  17 e 18 são do mesmo evento carnavalesco .
|| Foliões no Carnaval 1987 de Marechal Cândido Rondon, no Clube Concórdia, em Março de 1987.
Imagem: Acervo Voni Berta do Amaral - FOTO 15 -
As fotos 15, 16, 17 e 18 são do mesmo evento carnavalesco .
|| Imagem: Acervo Voni Berta  Amaral - FOTO 16 -
|| Imagem: Acervo Voni Berta Amaral - FOTO 16 -
|| Imagem: Acervo Voni Berta  Amaral - FOTO 17 -
|| Imagem: Acervo Voni Berta Amaral - FOTO 17 -
|| Imagem: Acervo Voni Berta  Amaral - FOTO 18 -
|| Imagem: Acervo Voni Berta Amaral - FOTO 18 -
|| Plantio da 110ª árvore no Bosque do Rotary localizado no espaço do Terminal Turístico de Porto Mendes. Imagem: Acervo O Presente - FOTO  – 19 -
|| Plantio da 110ª árvore no Bosque do Rotary localizado no espaço do Terminal Turístico de Porto Mendes. Imagem: Acervo O Presente - FOTO – 19 -
|| Plantio da 110ª árvore no Bosque do Rotary localizado no espaço do Terminal Turístico de Porto Mendes. Imagem: Acervo O Presente - FOTO 20 –
|| Plantio da 110ª árvore no Bosque do Rotary localizado no espaço do Terminal Turístico de Porto Mendes. Imagem: Acervo O Presente - FOTO 20 –
|| Pioneira rondonense Veleda (nascida Hass), falecida em março de 2016.
Imagem: Acervo de Aurélia Liessem - FOTO 21 -
|| Pioneira rondonense Veleda (nascida Hass), falecida em março de 2016.
Imagem: Acervo de Aurélia Liessem - FOTO 21 -
|| Destaque da Revista AMOP ref. ao vice-prefeito de Quatro Pontes, Tiago Hansel. 
Imagem: Acervo Revista AMOP - p. 6 - FOTO 22 -
|| Destaque da Revista AMOP ref. ao vice-prefeito de Quatro Pontes, Tiago Hansel.
Imagem: Acervo Revista AMOP - p. 6 - FOTO 22 -
|| Pioneiro rondonense  Silvio Graff falecido em março de 2018. 
Imagem: Acervo da família - FOTO 23 -
|| Pioneiro rondonense Silvio Graff falecido em março de 2018.
Imagem: Acervo da família - FOTO 23 -
|| Entrega da cópia da lei que declarou a
|| Entrega da cópia da lei que declarou a "Noite Luzes" como evento oficial do município pelo prefeito Marcio Ruaber ao diretor do Colégio Martin Luther, pastor Ildemar Kanitz.
À esquerda, vereador Pedro Rauber, autor do projeto de lei; Elemar Hensel, secretário municipal de Administração de Marechal Cândido Rondon.
À direita: Ilário (Ila) Hofstaetter, vice-prefeito municipal de Marechal Cândido Rondon.
Imagem: Acervo Imprensa PM-MCR - FOTO 24 -
|| Lançamento da Campanha da Fraternidade 2019, na sede do bispado em Toledo. 
À esquerda, padre André Boffo Mendes, coordenador da campanha na diocese, e o bispo João Carlos Seneme (de terno).
Imagem: Acervo O Presente - FOTO 25 -
|| Lançamento da Campanha da Fraternidade 2019, na sede do bispado em Toledo.
À esquerda, padre André Boffo Mendes, coordenador da campanha na diocese, e o bispo João Carlos Seneme (de terno).
Imagem: Acervo O Presente - FOTO 25 -
|| Tenista Thiago Seyboth Wild campeão do ATP de Santiago 2020, do Chile. 
Imagem: Acervo Globo Esporte (divulgação) - FOTO  26 -
|| Tenista Thiago Seyboth Wild campeão do ATP de Santiago 2020, do Chile.
Imagem: Acervo Globo Esporte (divulgação) - FOTO 26 -
|| Boletim pluviométrico de 1º de março de 2022, da empresa rondonense Agrícola Horizonte. 
Imagem: Acervo da Empresa - FOTO 267-
|| Boletim pluviométrico de 1º de março de 2022, da empresa rondonense Agrícola Horizonte.
Imagem: Acervo da Empresa - FOTO 267-
|| Cartaz convite para a Abertura Nacional da Colheita da Safra de Soja 2023/2024, em começo de março de 2024.
Imagem: Acervo Prefeitura Municipal de Tapera - FOTO 28 -
|| Cartaz convite para a Abertura Nacional da Colheita da Safra de Soja 2023/2024, em começo de março de 2024.
Imagem: Acervo Prefeitura Municipal de Tapera - FOTO 28 -
|| Banner convite para o evento alusivo ao
|| Banner convite para o evento alusivo ao "Dia Internacional da Mulher" na Acimacar, em março de 2024.
Imagem: Acervo da entidade classista - FOTO 29 -

1856 — Assume a presidência da Província do Paraná, o padre, advogado, político e professor paulistano Vicente Pires da Mota (1799-1882)  com mandato até 26 de setembro do mesmo ano. Substitui a Henrique Beaurepaire-Rohan (1812-1894). -- FOTO 2 -- 

___________________________________

1870 — Termina a Guerra do Paraguai com a morte do mandatário paraguaio Francisco Solano Lopez, às margens de um afluente do Rio Aquidabán (no melhor português, Aquidabã), nas proximidades de Cerro Corá, ao norte do Paraguai, próximo a divisa com o atual Mato Grosso do Sul. 

O conflito que durou 16 anos, foi a maior contenda internacional da América do Sul, travada entre os aliados Brasil, Argentina e Uruguai contra o Paraguai. -- FOTOS 3 e 4 --

Dois textos relevantes se reportam à morte do governante guarani e quem o fere mortalmente:
 

Chico Diabo: o Camaquense que matou um Ditador na Guerra do Paraguai

Feito de Chico Diabo, como era conhecido, pôs fim à Guerra do Paraguai, matando o ditador Solano López 

Na história brasileira, ele é tratado como herói. Em território paraguaio, no entanto, é vilão e assassino. São visões distintas sobre o cabo José Francisco Lacerda, responsável pela morte do ditador Solano López, em 1870, durante a Batalha de Cerro Corá, na Guerra do Paraguai. Chico Diabo, como era conhecido, avançou sobre os inimigos e desferiu um golpe fulminante de lança em Solano, encerrando o conflito, que completa 150 anos.

Nascido em Camaquã, em 1848, Lacerda ganhou o apelido de “diabinho” da própria mãe quando ainda era adolescente. Aos 15 anos, teve de se mudar com os pais para Bagé, na Região da Campanha. Dois anos depois foi convidado pelo coronel Joca Tavares para integrar o contingente dos “Voluntários da Pátria” que lutariam na Guerra do Paraguai.

Parte da história conta que Chico Diabo teria trabalhado como açougueiro em São Lourenço do Sul, levando a crer que foi ali que aprendeu o manuseio da faca com o seu patrão, que era um italiano que fazia embutidos de carne.  Acredita-se que ele deve ter morado na localidade de Boqueirão, pois foi ali que iniciou a civilização de São Lourenço do Sul.

Chico Diabo ficou com uma faca de ouro e prata de Solano López. Por coincidência, a arma tinha as mesmas iniciais do seu nome: FL. Como recompensa, recebeu cabeças de gado e teve seu nome popularizado com a quadrinha “o cabo Chico Diabo, do diabo Chico deu cabo”.

Na Guerra do Paraguai, Chico, que já era cabo, comemorou por haver matado, na Batalha de Cerro Corá, o ditador Francisco Solano López, com um certeiro golpe de lança na virilha.

Segundo o que a história conta, o golpe foi aparentemente fatal, embora, na seqüência, o soldado gaúcho João Soares, tenha alvejado López com um tiro de revólver.

Chico faleceu em 1893 no Uruguai. Anos depois seus restos mortais foram recolhidos pela família no país vizinho e novamente enterrados no Cemitério da Guarda, em Bagé. O jazigo recebe cuidados até hoje e representa uma grande atração turística da cidade. A história da lança usada para matar Solano López está exposta no Museu Nacional, no Rio de  Rio de Janeiro (LUZ, Juares e LARUSSO, Daniel; in: Blog do Juares, ed.09.032019). 


Texto 2: 
 

A morte de Solano López, no Rio Aquidabã.

O final da perseguição a Solano López se deu no seu último acampamento, em Cerro Corá, onde foi cercado pelas tropas imperiais comandadas pelo general Câmara, onde mesmo cercado, Solano López ainda e contra todo o bom senso esboçou uma reação contra a numerosa tropa que o cercava, na esperança de tentar fugir mais uma vez, mas não houve espaço para escapar, como já havia feito outras vezes.

Registra a História que a tarefa de identificar Solano López pelos seus perseguidores foi facilitada em razão dele ser o único indivíduo notadamente gordo, enquanto os outros militares eram bem magros, devido à falta de alimentos.

Não conseguindo fugir, López foi intimado a se render, mas não aceitou a rendição, apostando na resistência e, ficando separado dos que lhe defendiam, foi ferido pelo cabo "Chico Diabo" e intimado a render-se novamente, neste momento já estava caído dentro de um afluente do rio Aquidabã, momento em que foi intimado a render-se novamente; como não aceitou a rendição, o general Câmara mandou desarmá-lo, ao que ele impôs fraca resistência, acabando por levar um tiro do soldado gaúcho João Soares, morrendo em razão dos ferimentos sofridos (TV Imperial/Facebook , publicação de 29.05.2017).


Um número expressivo (centenas) de alemães e descendentes¹ são combatentes nos campos de batalha em território paraguaio, de sobrenomes comuns no Oeste do Paraná: João Birck, Pedro Schneider, João Niederauer Sobrinho, Nicolau Dockhorn, August Zeidler,  Pedro Werlang, Jakob Franzen, João Schmitt, Christiano Spindler, Nicolau Engelmann, Felippe Dreyer,  Adolph Peter Fritsch e Pedro Hahn, entre outros mais. Muitos dos citados assumem comandos de pelotões e grupamentos de artilharia e cavalaria e alçaram patentes militares graduadas no Exército Brasileiro (BECKER, Klaus. Alemães e descendentes - do Rio Grande do Sul - na Guerra do Paraguai. Canoas: Editora Hilgert (PAH) & Filhos Ltda., 1968, 208 p.
 

¹  É quase 100% de certeza que muitos dos combatentes nominados  acima e demais citados na obra referida, tem larga descendência em Marechal Cândido Rondon e regiáo (nota do pesquisador). 

___________________________________

1891 — Começa a funcionar a linha de correio entre Guarapuava e a então Colônia Militar de Foz do Iguaçu, por ordem da Administração Geral dos Correios do Paraná (Diário do Commercio. Curitiba: anno I, nº 54, ed. 07 de março de 1891, p. — Biblioteca Nacional Digital). 

___________________________________

1922 — Na eleição presidencial desse dia, o reduzido colégio eleitoral de Foz do Iguaçu¹ dá 45 votos para o candidato à Presidente da República, Arthur Bernardes, e nenhum voto ao seu adversário, Nilo Peçanha (A República. Curitiba: anno XXX VI, nº 51, ed. 2 de março de 1922, p.2 — Biblioteca Nacional Digital). -- FOTO 5 --
 

¹ Na época todo o Oeste do Paraná era território do município de Foz do Iguaçu (nota do pesquisador). 

 ___________________________________

1923 — Falece na cidade Petrópolis (RJ), o renomado jurista baiano Ruy Barbosa¹ (nota do pesquisador). -- FOTOS 6 e 7 -- 
 

¹ O famoso brasileiro tem homenagem representativa no tradicional e conceituado educandário rondonense: o Colégio Luterano Rui Barbosa (nota do pesquisador).

__________________________________

1940 — É retido, por algumas horas, em Foz do Iguaçu, o avião "Douglas" da Panair, extinta companhia aérea brasileira, em virtude de irregularidades na documentação do futebolista Leônidas da Silva¹, que viaja na aeronave com destino a Buenos Aires (A Batalha. Rio de Janeiro: anno XI, nº 4.159, ed. 02 de março de 1940, p. 6 — Biblioteca Nacional Digital). -- FOTOS 8 e 9 --
 

¹ Tinha o apelido de "Diamante Negro" e participou pela Seleção Brasileira das Copas de 1933 e 1938. É criador do lance no futebol conhecido como "bicicleta". 

__________________________________

1948 — "Iniciam as atividades do Instituto Imaculado Coração de Maria (Colégio Incomar), o 1º educandário de Toledo (PR), tendo como sala de aula a igreja católica e 1ª diretora a irmã Verônica Sawtczuk¹" (COSTALuiz Alberto Martins da. Calendário Histórico de Toledo — Cronologia de Fatos, Registros e Curiosidades da História do Município de Toledo. Toledo: GFM Gráfica & Editora, 2009, p. 45).
 

¹ As outras duas religiosas, Lúcia Mikosz e Elia Bassani, junto com a Irmã Verônica, as três pertencentes à congregação "Companhia das Filhas da Caridade, também conhecidas como "Irmãs Vicentinas", chegaram em Toledo em 01 de fevereiro de 1948, por interferência do padre pioneiro Antônio Patuí (Museu Histórico Williy Barth, em postagem no Facebook, em 31 de março de 2024).

___________________________________

1957 — "Iniciam as aulas da 1ª turma de alunos do Colégio La Salle¹, de Toledo, tendo como 1º diretor o irmão Egydio Buzanello. O educandário inicia atividades em prédio alugado na Avenida Maripá e alunos internos são recepcionados em dependências cedidas por particulares" (COSTALuiz Alberto Martins da. Calendário Histórico de Toledo — Cronologia de Fatos, Registros e Curiosidades da História do Município de Toledo. Toledo: GFM Gráfica & Editora, 2009, p. 45).
 

¹ Entre os rondonenses que estudaram anos mais tarde na instituição, para cursar o ginásio, estão o empresário Elio Edvino Winter (morador em Curitiba, em 2022) e o ex-prefeito de Marechal Cândido Rondon, professor Ilmar Priesnitz (nota do pesquisador). 

___________________________________

1959 — "O professor Irineu Agnes¹ começa a lecionar na escola  General Osório, do distrito de Dez de Maio, de Toledo para alunos das 1ª a 4ª séries do ensino primário. Em outubro, também passa a dar aulas na escola da sede do distrito" (COSTALuiz Alberto Martins da. Calendário Histórico de Toledo — Cronologia de Fatos, Registros e Curiosidades da História do Município de Toledo. Toledo: GFM Gráfica & Editora, 2009, p. 45). 
 

¹ É falecido em 05 de maio de 2017 (nota do pesquisador). 


Saber mais, clique aqui

___________________________________

1962 — O vereador Moraes Rêgo, da Câmara Municipal de Guaíra (PR), lança campanha Pró-Criação do Estado do Iguaçu¹, assumindo a vanguarda do movimento no Oeste do Paraná (nota do pesquisador). -- FOTO 10 --
 

¹ A campanha pela criação do Estado do Iguaçu tem suas pretensões autonomistas frustradas em 31 de março de 1993, com a rejeição do Projeto 141/91 pela Câmara dos Deputados por 177 votos contrários, 90 favoráveis e 13 abstenções. Pesa para não aprovação da matéria, a forte pressão exercida sobre os deputados federais pelos governos estaduais e Assembleias Legislativas dos Estados do Paraná e Santa Catarina, unidades federativas que teriam partes de seus territórios suprimidos, caso acontecesse a criação do novo estado.

No Paraná, o movimento contrário à criação do Estado do Iguaçu é liderado pelo deputado Anibal Khury, presidente da Assembleia Legislativa, com a avassaladora campanha "O Paraná é Indivisível" (LOPES, Sérgio. "Estado do Iguaçu": A trajetória de um movimento. Toledo: Unioeste, Revista Informe Gepec, vol. 08, nº 2. jul./dez., 2004, p. 4 — Online).

___________________________________

1966 — Falece o pioneiro rondonense da atual sede distrital rondonense¹ de Iguiporã, Luiz Ernesto Fleck, aos   , vítima de infarto do miocárdio. Instala o primeiro armazém de secos e molhados na localidade, a pedido da colonizadora Maripá. 

Natural de Montenegro (RS), da localidade de Maratá (agora município) casa com Elly Erig e forma família com a nascimento das filhas Clair (casada com Eldir Mahs — casal já falecido), Eliane casa com José Hübner e Marlene casa com Harry Pilger, ambos casais moradores agora (2022) em Taquara (RS).

Por sua benevolência com os pioneiros do distrito nos anos iniciais, em fornecer mantimentos e outras produtos de imediata necessidade e que pagassem a conta quando possível, o comerciante é reconhecido pela comunidade que deu seu nome ao então Colégio Cenecista, quando este foi criado.

Seu corpo é sepultado no cemitério público do distrito citado (colaboraram Rudi Sander e Carlos Alberto Erig - Iguiporã). -- FOTO 11 --
 

¹ Gentílico do município de Marechal Cândido Rondon (PR).

___________________________________

1969 — Começa a funcionar o então Internato Martin Luther,  em Marechal Cândido Rondon, onde hoje está instalado o Colégio Evangélico Martin Luther. O antigo internato é construído com dinheiro do programa "Brot für die Welt" (Pão para o Mundo) da Alemanha (nota do pesquisador).

___________________________________

1969 — É nomeado como primeiro médico do Posto de Saúde, de Marechal Cândido Rondon, o Dr. Aylson Confúcio de Lima (nota do pesquisador). -- FOTO 12 - 

___________________________________

1971 — É realizada a aula inaugural do então Ginásio Luiz Ernesto Fleck, do distrito rondonense Iguiporã, com a presença do vereador Elmo Lauro Gall, do presidente do educandário e subprefeito local, Auro Becker e do diretor do ginásio, Moacir Moratelli (nota do pesquisador).

___________________________________

1971 — Ocorre a aula inaugural do então  Ginásio Capitão Heitor Mendes, da sede distrital rondonense de Porto Mendes, na presença de 70 alunos e autoridades, e ainda dos vereadores Salvino Wanderlinde, Rainwald Adolfo Prochnow , do diretor da Radio Difusora Rondon, Arlindo Alberto Lamb, do diretor municipal de educação, Carlos Vanzin e do diretor do estabelecimento Francisco de Paula Geleski e mais a diretoria do Ginásio, assim composta: Presidente Waldemar José Greselle; 1º vice-presidente: João Dalgalo;  2º vice-presidente: Severino Valiati; Secretário: Alfredo Kunkel; 2º secretário: Rozalina (Parisoto) Cemin. Conselho Fiscal: Ivo Senger, Hugo Hauberth e Severiano Lopes (nota do pesquisador).

___________________________________

1976 — A Prefeitura Municipal de Marechal Cândido Rondon  emite nota de esclarecimento solicitando aos munícipes a adoção e cumprimento do código de posturas (nota do pesquisador). -- FOTO 13 -- 

___________________________________

1977 — Reassume como pastor da Primeira Igreja Batista de Marechal Cândido Rondon, o reverendo Ottmar Wehr, permanecendo na função até 28 de fevereiro de 1982 (nota do pesquisador)

___________________________________

1977 — Começa a atender em novas dependências alugadas, no andar superior do prédio à Rua Rio de Janeiro, 745, a  então 58ª Inspetoria de Ensino, na época com sede em Marechal Cândido Rondon.

Anos mais tarde, com a vitória do MDB ao governo do Paraná, a inspetoria é tirada de Marechal Cândido Rondon e instalada na cidade de Assis Chateuabriand. As antigas inspetorias de ensino posteriormente mudam de designação para núcleos regionais de educação (nota do pesquisador).

___________________________________

1978 — Acontece no clube da sede distrital rondonense de Iguiporã, às 20he30m, reunião visando a eletrificação rural no distrito (Rádio Difusora do Paraná AM. Frente Ampla de Notícias. Marechal Cândido Rondon: vol. 42, de 24.02.1978 a 05.04.1978, p. 44. Programa de Rádio).

___________________________________

1978 — Depois da longa seca, retornam as chuvas ao Oeste do Paraná (Rádio Difusora do Paraná AM. Frente Ampla de Notícias. Marechal Cândido Rondon: vol. 42, de 24.02.1978 a 05.04.1978, p. 65. Programa de Rádio). 

___________________________________

1978 — É fundado o Grupo de Escoteiros 25 de Julho, da cidade de Marechal Cândido Rondon (JMGomes, GOMES, João Marcos). Panorama. Marechal Cândido Rondon: Rádio Difusora do Paraná, vol. 015, cad. março e abril 1988, fls. 69. Programa de Rádio). 

___________________________________

1979 — O governador do Paraná, Jaime Canet Júnior, nomeia pelo Decreto nº 6.373, o vereador Verno Scherer, do então distrito de Pato Bragado, como prefeito municipal de Marechal Cândido Rondon, em virtude do município integrar a então Área de Segurança Nacional

O vereador Verno  Scherer já vinha exercendo interinamente o cargo, desde o dia 17 de abril de 1978, em virtude da exoneração, a pedido, de Almiro Bauermann (nota do pesquisador). -- FOTO 14 -- 

___________________________________

1985 — Toma posse como presidente da Câmara Municipal de Toledo (PR), o vereador Tarcísio Jacy Herkert (COSTALuiz Alberto Martins da. Calendário Histórico de Toledo — Cronologia de Fatos, Registros e Curiosidades da História do Município de Toledo. Toledo: GFM Gráfica & Editora, 2009, p. 45).

___________________________________

1987  Começa no Clube Concórdia e segue até o dia 04 de março, o Carnaval 1987 de Marechal Cândido Rondon, animado pela rainha da festa momesca, Christyna Smaniotto e o Rei Momo, Sérgio Schneider (O PARANÁ. Mal. C. Rondon Especial. Cascavel: Editora OPR S/C Ltda.. ed. 05.03.1987, p. 10 e d. 26.03.1987, p. 10). -- FOTOS 15, 16, 17 e 18 --

___________________________________

1988 — Assume as funções de promotor público junto a Comarca de Marechal Cândido Rondon, o bacharel Marcos Bonetti, em substituição ao titular, Daniel Romaniuk da Silva, nomeado como diretor da Colônia Penal Agrícola do Estado, na cidade de Piraquara, região metropolitana de Curitiba.

Marcos Bonetti vem da comarca de Formosa do Oeste (GOMES, João Marcos (JMGomes). Panorama. Marechal Cândido Rondon: Rádio Difusora do Paraná, vol.015, cad. março e abril 1988, fls. 4. Programa de Rádio). 

___________________________________

1988 — Assume como diretor do Departamento de Esportes do município de Marechal Cândido Rondon, o professor Dorivaldo Teixeira (GOMES, João Marcos (JMGomea). Panorama. Marechal Cândido Rondon: Rádio Difusora do Paraná, vol. 015, cad. março e abril 1988, fls. 14. Programa de Rádio).

__________________________________ 

2015 — Os rotarianos de Marechal Cândido Rondon se reúnem no Parque de Lazer de Porto Mendes para comemorar os 110 anos de fundação do Rotary Club, para o plantio da 110ª muda de árvore. 

Desde o centenário do clube de serviço, em 2005, os rotarianos rondonenses se reúnem no parque de lazer para celebrar a data festiva de fundação. No Bosque do Rotary,  criado durante em comemoração da data centenária, os rotarianos plantam 100 mudas de árvores e repetem o gesto com a plantação de uma muda de árvore a cada passagem de ano (O Presente). -- FOTOS 19 e 20 --

___________________________________

2016 — Falece a pioneira Veleda (nascida Haas) Liessem¹, aos 90 anos de idade. Nascida em Taquari (RS) em 14 de fevereiro de 1926, casa com o professor Waldomiro Liessem, primeiro secretário de municipal de Educação de Marechal Cândido Rondon, no mandato de Arlindo Alberto Lamb (1961-1964).

O casal chega ao Oeste do Paraná, em 1954, procedente de Piratuba (SC) da localidade de Filadélfia, influenciado pelo médico rondonense pioneiro Dr. Friedrich Rupprecht Seyboth² (informações recebidas de Heiderose Liessem Mayer, via e-mail: rose_mcr@yahoo.com.br , em 21.04.2017 e 12.09.2017 e Aurélia Liessem). -- FOTO 21 -- 
 

¹ A falecida foi proprietária da Livraria Bororo, depois adquirida pelo empresário Elonir José Kochen, dando origem as Livrarias Globo, na cidade de Marechal Cândido Rondon (nota do pesquisador).
 

² Foi na mesa de jantar da residência do citado médico em que é assinado o documento de contratação do professor (colaborou o médico Dietrich Rupprecht Seyboth - Dr. Hippi). 

___________________________________

2017 — A Revista AMOP, edição Março 2017, da Associação dos Municípios do Oeste do Paraná, destaca o vice-prefeito de Quatro Pontes, Tiago Hansel, com o título "Conheça o mais jovem vice-prefeito da região Oeste" (nota do pesquisador). -- FOTO 22 --

___________________________________

2018 — Falece o pioneiro rondonense Silvio Graff, filho do casal Constância (nascida Breitkreiz) e Evaldo Graff. Chega de mudança à então vila General Rondon, na companhia dos pais e irmãos Carlos, Vilton, Vilma e Gerda, em 08 de outubro de 1953, procedente da Linha Quatro Irmãos, município de Erechim (RS). 

Era casado com Liane Beatriz Pfluck, filha do casal pioneiro Orsi (nascida Kamphorst) e Hugo Pfluck que chega a Marechal Cândido Rondon em 20 de julho de 1969, procedente de Lageado (RS). 

Seu corpo é sepultado no cemitério público da cidade de Marechal Cândido Rondon (nota do pesquisador). -- FOTO 23 --

___________________________________

2018 — O prefeito municipal Marcio Andrei Rauber, de Marechal Cândido Rondon, sanciona a lei nº 5.012/2018, que declara como evento oficial do Município, a "Noite de Luzes", do Colégio Evangélico Martin Luther, que acontece desde 1999, no mês de dezembro. O respectivo projeto de lei é apresentado pelo vereador Pedro Rauber, presidente da Câmara Municipal (nota do pesquisador). -- FOTO 24 --

___________________________________

2019 — É apresentado pelo bispo diocesano de Toledo, João Carlos Seneme, na sede da Cúria Diocesana, o tema da Campanha da Fraternidade 2019, da Conferência Nacional dos Bispos Brasileiros (CNBB): "Fraternidade e políticas públicas", com o lema: "Serás libertado pelo direito e pela Justiça".

Na diocese de Toledo, a campanha é coordenada pelo padre André Boffo Mendes, da Pároquia Maria Mãe da Igreja, do bairro Jardim Botafogo, em Marechal Cândido Rondon (O Presente. Marechal Cândido Rondon: ed. 05 de março de 2019, p. 17). -- FOTO 25 --

___________________________________

2020 — O tenista rondonense Thiago Seyboth, 19 anos e número 182 do mundo, conquista o título do ATP 250 de Santiago, no Chile. O atleta derrota na final o norueguês Casper Ruud  por 2 sets a 1, parciais de 7/5, 4/6 e 6/3, em 2h16min de jogo.

Com o resultado,  o rondonense não só fatura o maior título da carreira como profissional, como quebra um feito que era até então do ídolo Gustavo Kuerten, entre outras marcas do catarinense: "Mais jovem brasileiro a ganhar um torneio ATP. Guga é campeão de Roland Garros aos 20 anos" (Globo Esporte; e o Presente. Marechal Cândido Rondon: ed. 03 de março de 2020, p. 01, 30 e 31). -- FOTO 26 --

___________________________________

2022 — Devido as sucessivas irregularidades climáticas e a elevação do custo de insumos, alguns itens com mais de 200%, agricultores da região anunciam que estão repensando as modalidades de contratos de arrendamento. " Muitos contratos são firmados para pagamento de 50 sacas por alqueire ou 30% da produção, no caso da soja. Contudo, com o aumento de mais de 100% dos insumos, custo para produzir um alqueire subiu de 45 para até 90 sacas. Tal patamar pode inviabilizar economicamente muitos arrendatários nas próximas safras, caso sejam mantidas as atuais cláusulas contratuais". 

Para o engenheiro agrônomo Urbano Metz, vice-presidente do Conselho de Desenvolvimento Agropecuário de Marechal Cândido Rondon, "em geral os contratos são feitos prevendo condições normais de produção e produtividades das culturas a serem plantadas nas terras arrendadas. Condições excepcionais de frustração de safra eventualmente constam em contrato de venda de terras, que podem ser fixadas para pagamento em sacas de soja por ano" (O Presente. Marechal Cândido Rondon: ed. 01 de março de 2022, p. 28 e 29).

___________________________________

2022 — Persiste a longa estiagem no Oeste do Paraná e leste da República do Paraguai e porção meridional do Mato Grosso do Sul, nesta terça-feira de Carnaval. Em Marechal Cândido Rondon as temperaturas são elevadas, entre 27 e 41 graus. Ventos do quadrante Noroeste, moderados.

A nebulosidade esparsa com formação de nuvens de chuvas após o meio-dia. As precipitações são pontuais, de intensidade irregular (nota do pesquisador). -- FOTO 27 --

___________________________________

2023 — A quarta-feira amahece na cidade de Marechal Cândido Rondon com céu encoberto com nebulosidade tipificada como altostratus. Durante a tarde, formações de nuvens tipo nimbostratus que provocam precipitações pontuais e de intensidade irregular na região. Ventos do quadrante Nordeste, fracos. Temperaturas entre 22 e 27 graus, esta última com sensação térmica de 31 graus (nota do pesquisador). 

___________________________________

2024 — É sexta-feira. O dia amanhece na cidade de Marechal Cândido Rondon com temperatura de 23 graus e ventos do quadrante Sul, fracos, os quais persistem durante todo o dia. Céu com filamentos de nebulosidade identificada como cirrus. Ao final da tarde, surgem ao norte do município nuvens tipificadas como cumulonimbus. Não ocorrem precipitações pluviométricas no município. A temperatura máxima do dia alcança os 34 centígrados com sensação térmica de 37° Celsius (aferição feita via aplicativo digital AccuWeather) (nota do pesquisador). 

___________________________________

2024 — Acontece a Abertura Nacional da Colheita da Safra da Soja 2023/204, no município de Tapera (RS), na Fazenda Grandespe Sementes, uma propriedade 4 mil hectares, da Família Starlick. É a 1ª vez que o evento é realizado no estado gaúcho. 

A celebração da colheita da oleaginosa é promovida pela AproSoja Brasil (Canal Rural). -- FOTO 28 --

___________________________________

2024 — O Conselho da Mulher Empresária da Associação Comercial e Empresarial de Marechal Cândido Rondon (ACIMACAR) realiza evento alusivo ao "Dia Internacional da Mulher", no auditório da associação classista. O encontro com café da manhã tem palestra Fabiana Torres Basso Zielasko, da cidade de Toledo (PR) mentora de vida e empresas, consteladora familiar e empresarial, empresária, palestrante e escritora da obra "Destrave Sua Vida" (nota do pesquisador). -- FOTO 29 --

___________________________________

 

 

 

Compartilhe

COMENTÁRIOS

Memória Rondonense © Copyright 2015 - Todos os direitos reservados